Demónios
(...) Caminho para uma relação com o(s) nosso(s) demónio(s) que o enquadra numa força capaz de nos transformar consoante os impulsos que nos movimentam na vida. Se bom, se mau, são perspetivas. Vejo os nossos medos como a nossa vitalidade rugindo aos nossos ouvidos para nos despertar. A nossa vitalidade como uma chama que nos reconduzirá ao sono. E o nosso corpo como o tear onde se desfiam e fiam padrões. Nele, tecelões e demónios ocupam-se do mesmo lavor. (...)

texto completo



























_____________

Imagens da exposição no Cosmos Campolide, Lisboa, 2022
Installation views / exhibition @ Cosmos Campolide, Lisbon, 2022





////////////////////////////



Se falasse a minha língua

é uma proposta visual que dispensa as palavras para lá do título, usando o silêncio como se tratasse de matéria. Enquanto exposição, convida ao discurso intimo, interior; é uma forma que toma outras formas a partir das impressões próprias de cada visitante. 



If I would speak in my tongue

is a purely visual proposal which leaves out further statements besides the exhibition’s title. Silence becomes matter and visitors are invited to meet their own impressions, their own discourses. 












////////////////////////////



Amanhã
Folheto digital de ilustrações
Digital flyer with illustrations

Ilustração página 9 / Illustration page 9




















////////////////////////////


Restos mortais de uma vida por vir
Edição digital e em papel disponível por encomenda
Digital edition and in paper acquirable by order




////////////////////////////


I have decided to create a series of installations in my studio that would challenge me to join works from different projects and different years, some already exhibited in other occasions, others never shown before, others still being made.

C1 is the first combination.








Céu da boca

Ilustrações e poemas em edição digital 
Digital edition of illustrations and poems

Ilustrações páginas 11-12 / Illustrations pages 11-12




Pena de Pavão
Livro de poemas
Poetry book







////////////////////////////



Fragmentos de um poeta

Reúne trabalhos feitos a partir de fragmentos de ideias e materiais guardados ao longo dos anos.


/

Fragments of a poet 


This new work is made from fragments of ideas and materials I have gathered over the years.

 

complete text 

https://drive.google.com/file/d/1hd52ps877dFv_l3PXWZARegSnS61ZKty/view?usp=sharing



_____________

installation views / exhibition @ artist's studio, 2021
works from 2021









 



////////////////////////////



Metamorfose do olhar  


Por muito que olhemos, e possamos escrutinar uma imagem ao ponto dos nossos olhos serem um microscópio, o que nos faz realmente ver, no sentido de apreciar o que olhamos, vai muito para lá do instrumento óptico. Ver é um olhar atento, saturado de memória; é também ir além do visível e conhecido.

Metamorfose do olhar é uma expressão plástica que toma por foco a transfiguração das aparências.

texto completo
 
 
/

 
The Look And Its Metamorphosis

Regardless of how long we look at an image and examine it until our eyes seem like a miscroscope, truly seeing lies beyond sight. It is an attentive look charged with memory and experience. Also, to see beyond the visible and the known.

The Look And Its Metamorphosis is an artistic expression with its focus on the process through which impressions change.

drawing
acrylic on paper
64 x 45 cm  
2020
 
_____________

installation views / exhibition @ artist's studio, 2021
works from 2020/2021
 

 





While they sleep they dream (2021)
@ Window Project_Galeria Reverso, Lisbon

https://www.galeriareverso.com/paralelas-window-leonor-hipolito/












////////////////////////////////////////


A SOMBRA SOBE AO PALCO

More information at www.idembooks.com



 

 

 ////////////////////////////////////////

 

Assinatura  

Após o gesto rápido e pouco firme, sinto vontade de recomeçar.

Assinar é corpo em movimento – ensaiar o tempo.
É um traço de vida a atravessar o silêncio, a sublinhar o invisível.

Sempre gostei de assinar. Nunca só uma vez. 
 
 
Signature

After my quick and somehow unsteady gesture, I anticipate the next stroke.

Signing is body in motion – rehearsing time. It is to draw around the silence and underline what can’t be seen.

I always liked to sign. Never only once.  

 



 

drawings - diptych
acrylic on paper
64 x 45 cm each  
2021

_____________

installation views / exhibition @ artist's studio, 2021
works from 2020/2021 
(featuring Figura 1, Assinatura, and Latitude Longitude)